Notícias

Perdi o prazo para declarar o Imposto de Renda. E agora?

Descubra o que fazer se você esqueceu ou perdeu o prazo do IR

Perder o prazo para entregar a declaração do Imposto de Renda pode ser estressante, mas não é o fim do mundo. Primeiro, é importante saber que há algumas penalidades ao perder o prazo, e a multa mínima é de R$ 165,74, mas pode chegar a até 20% do valor do imposto devido.

Além disso, se você não declarar o Imposto de Renda, seu CPF pode ficar irregular, o que complica a contratação de serviços, a solicitação de crédito e até mesmo a participação em concursos públicos, daí se dá a importância de resolver essa situação.

Para regularizar a situação, você deve pagar a multa no prazo indicado pela Receita Federal. Se não pagar dentro de 30 dias, haverá cobrança de juros com base na taxa Selic. Se você achar que a multa foi aplicada incorretamente, pode enviar uma defesa à Receita Federal também dentro de 30 dias após enviar a declaração.

Eu esqueci, e agora?

Mesmo após o prazo estipulado, ainda é possível reenviá-lo. Para isso, é necessário acessar o portal ou o aplicativo da Receita Federal e seguir os passos usuais para o preenchimento e envio da declaração.

Depois de enviar, o contribuinte receberá uma "Notificação de Lançamento de Multa". A notificação contém todas as informações necessárias para o pagamento da multa. É importante agir prontamente para resolver essa questão e evitar problemas adicionais com a Receita Federal.

Para realizar todo o processo, o contribuinte deve acessar o Portal da Receita Federal com o seu CPF e senha para entrar na área restrita. Na sequência, é necessário seguir todos os passos para preencher a declaração corretamente.

Por fim, após o preenchimento adequado da declaração, o contribuinte deve confirmar o envio e aguardar a notificação de multa. Esse é um passo importante para regularizar a situação junto à Receita Federal e evitar maiores complicações.

Erros na declaração

Se você cometeu algum erro ao enviar seu IR, não há necessidade de se preocupar, já que é possível corrigir essas informações através do envio de uma declaração retificadora. O novo documento substituirá completamente o original e deve conter todas as informações corretas para o ano fiscal em questão.

Para começar, você deve acessar o Portal da Receita Federal. Utilize seu CPF e senha para entrar no sistema. Uma vez que você esteja logado, a próxima etapa é selecionar a declaração original. Procure a que precisa ser corrigida e selecione-a.

Com a original selecionada, você pode começar a fazer as correções necessárias. Verifique cuidadosamente as informações e faça as alterações necessárias para garantir que todos os dados estejam corretos.

Depois de corrigir os dados, você pode enviar a retificadora. Esse processo substituirá a primeira e garantirá que a Receita Federal tenha os dados corretos.

Vale ressaltar que se a retificação for feita após o prazo de entrega, você não poderá mudar o modelo da declaração, seja de completo para simplificado ou vice-versa. Portanto, é sempre melhor fazer qualquer correção o mais rápido possível para não ter complicações.

Dicas para evitar problemas no futuro

É importante organizar todos os documentos necessários para a declaração do imposto de renda para que esses erros não aconteçam novamente. Manter esses documentos em um local específico, como uma pasta, pode simplificar esse processo e evitar a perda de tempo na busca de documentos na hora de preenchê-la.

Colocar lembretes no calendário também pode ser extremamente útil, assim como adicionar alertas para o início e o fim do prazo de entrega da declaração. Criar este hábito pode te auxiliar a não esquecer de cumprir suas obrigações fiscais.

Além disso, a ajuda profissional pode ser considerada. Um contador pode ser um grande pilar no preenchimento e envio da declaração do imposto de renda, garantindo que tudo seja feito corretamente e evitando possíveis complicações com a Receita Federal.

voltar

Links Úteis

Indicadores diários

Compra Venda
Dólar Americano/Real Brasileiro 5.5962 5.5972
Euro/Real Brasileiro 6.094 6.102
Atualizado em: 19/07/2024 17:59

Indicadores de inflação

04/2024 05/2024 06/2024
IGP-DI 0,72% 0,87% 0,50%
IGP-M 0,31% 0,89% 0,81%
INCC-DI 0,52% 0,86% 0,71%
INPC (IBGE) 0,37% 0,46% 0,25%
IPC (FIPE) 0,33% 0,09% 0,26%
IPC (FGV) 0,42% 0,53% 0,22%
IPCA (IBGE) 0,38% 0,46% 0,21%
IPCA-E (IBGE) 0,21% 0,44% 0,39%
IVAR (FGV) 1,40% 0,21% 0,61%